top of page
  • Foto do escritorRedação Bode Fatos

Impostos, saneamento básico, pesquisas: erros e acertos de Nilvan em sabatina da CBN

Atualizado: 28 de set. de 2022


Nilvan Ferreira (PL) em entrevista na CBN — Foto: Elza Cruz/TV Cabo Branco

Equipe Bode Fatos: João Pedro Carvalho e Wendell Paiva/ Edição: Ítalo Rômany

Equipe Jornal da Paraíba: Dani Fechine


O comunicador Nilvan Ferreira (PL), candidato ao governo da Paraíba, foi entrevistado nesta quarta-feira (21) na rádio CBN, da Rede Paraíba de Comunicação. Durante a entrevista, Nilvan citou dados sobre a arrecadação do país, esgotamento sanitário na Paraíba e sobre pesquisas eleitorais.


A equipe da Bode Fatos, em parceria com a equipe do Jornal da Paraíba*, apurou e encontrou erros em algumas informações. Confira abaixo as frases que foram checadas:


"170 cidades [...] não têm esgotamento sanitário [na Paraíba]"

Nilvan Ferreira, candidato do PL ao governo da Paraíba, durante sabatina realizada pela CBN, em 21 de setembro de 2022


A INFORMAÇÃO É VERDADEIRA


Considerando os 200 municípios atendidos pela Cagepa, 177 não possuem sistema de esgotamento sanitário, conforme a assessoria de comunicação do órgão. O número é próximo do que foi dito pelo candidato. Os dados foram solicitados em abril de 2022. Atualmente, a Cagepa está com obras de implantação de esgotamento sanitário em algumas cidades paraibanas, a exemplo de Areia, Lucena, João Pessoa, Santa Rita, Monteiro e Guarabira.



"Mês passado foi [sic] R$ 200 bilhões arrecadados [no país] a mais do que no mesmo período de 2021"

Nilvan Ferreira, candidato do PL ao governo da Paraíba, durante sabatina realizada pela CBN, em 21 de setembro de 2022


A INFORMAÇÃO É FALSA


Dados da Receita Federal [página 37], referentes ao mês de julho deste ano (últimas informações divulgadas), mostram que o país arrecadou R$ 202,5 bilhões. Em julho de 2021, em preços ajustados pelo IPCA, foram arrecadados R$ 188,5 bilhões.


A diferença, portanto, seria de R$ 14 bilhões a mais, e não de mais de R$ 200 bilhões, como afirma o candidato.


A reportagem entrou em contato com a assessoria do candidato e aguarda uma resposta sobre o assunto.



“Aqui na Paraíba em 2020, em João Pessoa, dava uma diferença de Cícero pra mim de 16% [no 2º turno]. E quando as urnas abriram, a diferença foi muito inferior ao que o IBOPE mostrou"

Nilvan Ferreira, candidato do PL ao governo da Paraíba, durante sabatina realizada pela CBN, em 21 de setembro de 2022


TEM UM PORÉM


A última pesquisa IBOPE divulgada em 28 de novembro de 2020 (dia anterior às eleições do segundo turno) apontava o então candidato Cícero Lucena (PP) com 58% dos votos válidos, enquanto Nilvan Ferreira aparecia com 42%, diferença, portanto, de 16 pontos percentuais.


Entretanto, considerando a margem de erro de quatro pontos percentuais, Cícero poderia ter entre 54 a 62%. Nilvan Ferreira, por outro lado, teria entre 38 a 46%.


O resultado oficial das eleições deu 53,16% dos votos para Cícero Lucena, enquanto Nilvan Ferreira obteve 46,84%. Dentro da margem de erro, a pesquisa Ibope acertou o resultado.


A reportagem entrou em contato com a assessoria do candidato e aguarda uma resposta sobre o assunto.


---


Tem dúvidas sobre nossa metodologia? Clique aqui. Você pode conferir o passo a passo da checagem e entender nossas etiquetas.


*A parceria com o Jornal da Paraíba se deu unicamente por meio da checagem produzida em conjunto com as equipes, sem nenhuma relação comercial.


27 visualizações
bottom of page